Alepo

Esses desenhos nasceram da minha necessidade de registrar um evento cujo qual não tenho ligações, tampouco conhecidos envolvidos, mas que de certa forma me chamou a atenção. O magnetismo dos eventos, graças ao seu alto grau de degradação que aquela cidade passou, me foi sintéticos. Pude acompanhar com atenção o que interesses de diversos grupos podem causar a uma sociedade.

Alepo, até o início da guerra civil na Síria, era a maior cidade e principal centro econômico, onde viviam 2,1 milhões de pessoas. Habitada há mais de 7 mil anos, foi a terceira maior cidade do Império Otomano, classificada como patrimônio da humanidade pela Unesco. Na época do desenho, Alepo era uma cidade disputada, reduzida a ruínas, aguardando as forças beligerantes solucionarem seu impasse.

Caneta nanquim sobre papel, 29,7 x 21 cm. Santos, Brasil, 29 de novembro de 2013.
Caneta nanquim sobre papel, 21 x 29,7 cm. Santos, Brasil, 7 de fevereiro de 2014.